Parte do nosso passado, possibilidade para nosso futuro.

O cânhamo é uma das fibras mais antigas do mundo. E não é à toa.

Matéria prima natural, baixo impacto ambiental e alto índice de aproveitamento para diversas indústrias, inclusive a têxtil.

Utilizado desde 8000 a.C.

  • Altíssima durabilidade.

  • Proteção UV natural.

  • Bactericida.

  • Sustentável.

Juntos para desenvolver novas soluções.

A ORIBA HEMP nasceu da vontade de disponibilizar, a um valor mais acessível, peças versáteis feitas com a fibra mais sustentável do mundo. Para realizar esse projeto, contamos com a ViCunha ao nosso lado – empresa têxtil que soma ao mercado brasileiro com soluções que unem sustentabilidade e qualidade.

Conheça a ViCunha

F.A.Q.

O quão sustentável é o cânhamo?

O cânhamo é uma das fibras mais sustentáveis utilizadas na indústria têxtil, com baixo impacto ambiental. É uma cultura de alto rendimento, que utiliza pouca água no cultivo e com elevada produtividade por metro quadrado. Além disso, a planta age em benefício do solo enquanto cresce, sendo possível cultivá-lo no mesmo local por muitas safras.

O que o cânhamo faz pelo planeta?

Altamente sustentável, a cultura do cânhamo traz diversos benefícios para o meio ambiente. 

PELO SOLO: Com suas raízes profundas, a planta purifica e devolve cerca de 70% dos nutrientes para o solo enquanto cresce, dispensando o uso de fertilizantes químicos. Por ser naturalmente resistente à insetos e pragas, o cultivo também não requer o uso de pesticidas.

PELO AR: Ao crescer, a planta do cânhamo captura altas quantidades de CO2 da atmosfera. Mais eficiência na limpeza do ar contra os gases de efeito estufa.

PELA ÁGUA: Resistente à diferentes condições climáticas, o cultivo requer pouca ou nenhuma irrigação artificial, significando uma drástica economia de água.

Qual a diferença entre cânhamo e maconha?

Ambos derivados de plantas da família cannabis, o cânhamo e a maconha tem muitas diferenças – desde o cultivo à aplicabilidades.

O cânhamo surge a partir de determinadas linhagens da espécie  cannabis sativa, geralmente altas, com aparência de pequenas árvores. Sem qualquer efeito psicoativo, as plantas de cânhamo geralmente tem altos níveis de CBD e baixíssimos níveis de THC (<0,3%). Já a maconha é obtida através das espécies cannabis indica e de outras linhagens de cannabis sativa. Ao contrário do cânhamo, as plantas de maconha apresentam altos níveis de THC  e menores níveis de CBD, característicos por oferecer algum nível de psicoatividade.